márcia

A INFÂNCIA

Nasci em 1983, na região de Alvalade (Lisboa) mas as melhores memórias de infância são dos tempos vividos no coração do Alentejo entre os animais e a mãe natureza…de regresso a Lisboa comecei a viver alguns desafios, onde o choque entre a cidade e o campo era evidente. Passei por um ensino extremamente rígido e castrador e embora hoje tenha consciência de que estamos todos a fazer o melhor que podemos, para uma criança de 5 anos não era fácil perceber o porquê de estar a ser agredida, humilhada e desvalorizada. São sequelas que a grande maioria das pessoas carrega consigo sem ter a noção das consequências devastadoras para a sua psique. Ensinaram-nos a deixar de sonhar e a deixar de confiar na vida. Fizeram-nos crer num mundo injusto, repleto de crenças e ideias limitadas sobre a vida e sobre nós mesmos. Se não procurarmos entender um pouco mais para além do que nos foi ensinado, mais cedo ou mais tarde, vamos deparar-nos com a grande frustração de perceber que nada disto faz sentido. Sem respostas, podemos ficar “presos” ao buraco vazio da nossa própria ignorância.

A FORMAÇÃO

Desde muito cedo que manifestei o gosto pela arte, pelo desenho, pela escrita e curiosamente algumas das minhas obras encontram-se por aí perdidas entre as pessoas que fui emprestando e com as quais já perdi o contacto. Fiz teatro, moda, fotografia, trabalhei em grandes empresas de vendas, trabalhei na área da estética, como auxiliar de crianças, formadora, etc… Também desde cedo tentei perceber afinal qual o propósito da vida humana e estudava muito sobre o tema desde os 17 anos quando me iniciei em Reiki. Posteriormente formei-me em Medicina Tradicional Chinesa, Tai Chi e Chi Kung, Fitoterapia, Acupuntura Japonesa, Shiatsu, Reflexologia, Feng Shui, Auriculoterapia, Florais de Bach, Iridologia, Cristais, Meditação Mindfulness, Desenvolvimento Humano, Método de Louise Hay, Massagem de Som, Taças Tibetanas, Barras de Access, Coaching, Munay Ki, Física Quântica, Regressão a vidas passadas, e muitas outras formações complementares. Através de muito estudo e das experiências, fui aplicando a conhecida Lei da Atracção em conjunto com todas as leis Universais que sempre funcionaram positivamente para mim em todos os sentidos… saiba que estas mesmas leis que regem o Universo também estão a funcionar para si a todo o instante, tendo ou não conhecimento disso.

OS DESAFIOS

Porém, devido à minha baixa auto-estima e aos muitos medos que me foram transmitidos pela sociedade massiva, acabei por passar por um dos maiores desafios da minha vida: um caso de perseguição, rapto, roubo, violação e ameaça de morte constante, que viraram a minha vida de cabeça para baixo e fizeram da mesma uma luta pela sobrevivência! Devido ao tamanho do trauma, tive que aprender a andar na rua sozinha e refazer a vida dentro do que era possível. Para além do acompanhamento psicológico e dos tratamentos com as terapias alternativas, tive aulas particulares de Krav maga e defesa pessoal para aprender a defender-me fisicamente. E se por um lado a vida me trouxe esta dura vivência, por outro ela abençoou-me por ainda estar viva para contar e por me ter rodeado de pessoas maravilhosas que apesar de não poderem entender o sofrimento que eu vivia, me deram um suporte e apoio fundamental. A par deste grande desafio de superação, os “ataques espirituais” eram uma constante: desde acordar de madrugada com umas mãos que se sentiam mas não se viam a pressionar o meu pescoço até me sufocar, desde perder a sensibilidade dos meus braços durante a condução, ver os aparelhos eletrónicos totalmente desajustados, tonturas, nauseas e diarreia em simultâneo, perder a consciência do corpo, ser completamente “empurrada” para a varanda mais alta de casa de forma a induzir um suicídio não desejado… 

 O desespero levou-me a procurar socorro no Hospital onde eu estava disposta a ser internada pois já punha a minha própria sanidade mental em causa mas curiosamente fui atendida por um médico (cuja identidade vou preservar por questões éticas) que foi um anjo da guarda enviado por Deus! Este médico, de origem africana, percebeu que havia algo realmente anormal e que apesar de se manifestar no meu corpo físico, ele próprio percebeu que a resposta não estava ali “Seja rápida, você deve procurar ajuda urgente mas não aqui, o seu caso é de outra natureza e você corre risco de vida…porém acredito que se você sobreviver, através das trevas vai encontrar um grande caminho de luz!” Sábias palavras! Esta faceta da espiritualidade, ainda hoje é um tabu que poucas pessoas se dispõem a explorar e de facto não é por acaso que assim é. Para entender como funcionam as ligações e intercessões entre o mundo visível e invisível é necessário um profundo estudo sobre a mediunidade, as leis da física e da mente. Comecei então a pesquisar, a estudar, dia e noite para encontrar as respostas para todo o caos existente na minha vida e nessa busca acabei por encontrar um dos maiores tesouros de todos os tempos: o poder da mente humana!

A TOMADA DE CONSCIÊNCIA

Sim, concordo com os Budistas, a raiz do sofrimento encontra-se na mente humana mas acredito que a sua libertação também! Quando todas estas experiências surgiram na minha vida, eu já tinha começado a estudar Louise Hay, Lauro Trevisan, Brian Weiss, Dalai Lama, Daniel Goleman, Eckarte Tolle, Donald Walsh, Cristianismo, Budismo, Taoísmo, etc…eu era até uma pessoa bastante positiva, e achava que já sabia muito sobre a vida (ego), o que me deixou intrigada na altura “Se eu sou tão positiva e até acredito no melhor das pessoas então porque estou a passar por isto?” Ainda assim não foi esta pergunta que deu início ao meu verdadeiro despertar de consciência. Quando me questionei “O que tenho a aprender com isto? Que parte de mim atraiu isto e para quê?” foi quando as respostas começaram a chegar e forças incríveis começaram a movimentar-se na minha vida. Continuaram a aparecer desafios e ainda hoje aparecem, mas com a mudança de percepção e a elevação da consciência a nossa visão torna-se mais alargada e aberta ás respostas da vida. O que verdadeiramente provocou o caos na minha vida foi a falta de auto estima e de confiança, o lixo mental dos pensamentos e emoções mal resolvidas que ainda existiam dentro de mim e as energias de medo e fantasia que me envolviam na altura. Estes factores criaram um terreno mental/psíquico perfeito para viver o drama e o papel de vítima no qual eu me encaixava perfeitamente. A juntar ao ressentimento, aos processos de perdão adiados e à arquetipologia desvirtuadamente aplicada temos os ingredientes perfeitos para uma novela dramática!

O RENASCER

Como diz uma das minhas inspiradoras professoras, nós temos vários processos de morte em vida, partes de nós que precisam de ser libertadas para ceder espaço ao melhor de nós próprios (as). A história do voo da Águia aos 40 anos é uma metáfora perfeita do que acontece connosco em várias fases da vida humana: aos seus 40 anos de vida, a Águia recolhe-se para arrancar as suas penas, destruir o seu bico e as suas garras que em poucos meses se reconstituem e está pronta para mais 40 anos de voo! Assim se processou comigo e com todos nós cada vez que passamos por um trauma ou uma situação de choque que em verdade, são a forma que a vida encontra de nos colocar na rota certa! O meu renascer deu-se à medida que me fui entregando e confiando na vida, mas principalmente quando escolhi viver em Amor e enfrentar os medos que me assombravam e as sombras que encobriam a magia dentro de mim! Descobri que dentro de nós existe uma sabedoria infinita e que os grandes Mestres que já passaram aqui na Terra, tentaram de várias formas nos ensinar isto. Parafraseando o que cada um deles dizia: Tens todas as respostas dentro de ti! E assim é!

O meu especial obrigada a todas as pessoas que estiveram comigo nos momentos dolorosos e a todas as que contribuíram para a pessoa renascida que sou hoje. São elas Louise Hay, pela enorme inspiração, a professora Vera Faria que me abriu as portas do meu gradeamento mental, a empreendedora Andreia Mascarenhas que me pôs a voar, a blogger Lara Costa que consegue extrair o melhor de mim em cada foto, e a brilhante treinadora mental Elainne Ourives que me inspira a ser cada vez melhor!

Loading...